A política da GGNetwork de “proteger os jogadores recreativos dos regulares” tem moldado o cenário do poker online há vários anos. Rake elevado, advertências rigorosas, punições por suposta bum-hunting e rakeback sem transparência. Estes são alguns problemas que os jogadores profissionais de cash games enfrentam hoje na maior rede de poker do mundo. Até hoje, os regulares de MTT não tinham sido afetados pelas políticas do GG, mas parece que o seu tempo de tranquilidade chegou ao fim.

O PokerOK, a skin russa da GG Network, fez um movimento surpreendentemente agressivo no Telegram. De forma incomum, eles declararam publicamente guerra aos times de poker, culpando-os por todos os problemas do ecossistema do poker online e rotulando-os de "sem dúvida, a maior ameaça à pureza, integridade e igualdade do poker hoje" .

Aqui está a postagem completa traduzida que foi postada no Telegram no último dia 27 de março:

Há muito tempo que monitoramos e recolhemos informações sobre as atividades de determinados fundos e times de poker (os chamados “times”), e temos notado que os mesmos utilizam práticas de treinamento ilegais, além de violarem as regras da plataforma.

Organizações deste tipo violam sistematicamente as regras da nossa plataforma: estamos a falar de teamplay, softplay, conluio, ghosting, bum-hunting, multi-accounting e mineração de bases de dados, “notes” e estratégias.

Os times de poker são, sem dúvida, a maior ameaça à pureza, integridade e igualdade do poker hoje. Distorção do equilíbrio, erosão da confiança na comunidade, vantagens injustas. Eles tornaram-se um mal absoluto, matando a própria essência do poker.

Estamos iniciando uma luta ativa. Temos um enorme banco de dados de contas de participantes de times de poker e faremos todo o possível para evitar que tais organizações existam e se desenvolvam no PokerOK (GGPoker no Brasil). Pretendemos proteger estritamente a atmosfera de jogo que criamos, onde cada participante possa se sentir confortável, seguro e jogar por diversão, independentemente de sua experiência, habilidade, nível e habilidades.

Já introduzimos medidas restritivas para alguns jogadores. E isso continuará.

Não temos ilusões quanto às posições dos donos dos times e estamos prontos para pressioná-los. Mas não vamos parar. Seguimos o caminho de proteger nossos jogadores da influência prejudicial dos times de poker e de manter um ecossistema de jogo saudável.

Fazemos tudo para preservar o direito inviolável dos jogadores de poker de jogar de forma justa em nossa sala favorita.

Relatos de que o PokerOK tinha congelado contas de jogadores de times de poker ​​para “verificação” começaram a surgir alguns dias antes deste anúncio. O dono do time RSB, Ilya “ pokanuktus ”, fez uma postagem no fórum russo afirmando que 38 dos jogadores do seu time tiveram suas contas “congeladas”.

Até o último fim de semana, esse número já havia subido para 50.

Alguns jogadores estão gradualmente recuperando o acesso às suas contas, mas com restrições significativas nos métodos de depósito e saque, bem como proibição de transferências.

Um dos primeiros a fornecer detalhes sobre a iniciativa do PokerOK foi o mais conhecido defensor contra o jogo injusto da nossa comunidade, TylerRM. Ele também é conhecido e respeitado por sua cruzada de vários anos contra bots nas mesas de poker e por divulgar a história dos bots no ACR Poker.

Uma postagem no 2+2, logo no início deste ano, alega que bots estão sendo usados ​​no ACR Poker e acumularam quase $10.000.000 em lucros.

Leia

Aqui estão os principais comentário de Tyler sobre o caso:

Soft Play: Jogadores de times ​​geralmente não têm parte da ação uns dos outros em torneios, então eles não têm incentivo para aliviar nas mesas. Na prática, os jogadores de times, ​​muitas vezes, jogam de forma mais solta uns contra os outros, porque se conhecem e muitas vezes se sentem obrigados a provar qual deles joga melhor.

Jogo em equipe: Jogadores de times ​​não têm incentivo para ajudar uns aos outros a vencer. Por esta razão, não há conluio entre dois jogadores do mesmo times

Ghosting: Nos times de língua russa (aqueles afetados pela operação do PokerOK), os casos de ghosting são bastante raros. Isto foi conseguido condenando a prática publicamente. Agora, todos os donos de times e escolas de poker baseiam seu treinamento no princípio de que os jogadores devem confiar apenas em si mesmos na mesa. Além disso, os melhores jogadores que sobem de baixo tornam-se treinadores, fundam seus próprios times e transmitem uma postura semelhante aos seus alunos.

Bum-hunting: Nos MTTs, a bum-hunting pode ser dividida em duas partes. A primeira é selecionar torneios com o número máximo de jogadores fracos. Via de regra, os jogadores de time estão principalmente interessados ​​em jogar torneios com maior número de participantes, pois quanto mais jogadores no torneio, maior a probabilidade de conseguir um jogador fraco em sua mesa. A segunda é jogar um range mais amplo contra o jogador mais fraco da mesa. Quando um jogador fraco está na mesa, é vantajoso jogar o mais solto possível contra ele para ir ao flop com mais frequência, onde eles cometerão mais erros. Bum-hunting em MTTs, se é que existe, não é uma violação das regras.

Multi-account: Nos times de poker, cada jogador possui uma conta pessoal onde mostra ao administrador seus saldos e dados das salas de poker. O administrador garante que o jogador não tenha duas contas no PokerStars, seis contas no GG ou oito contas no WPN. Isso porque se contas múltiplas forem descobertas, elas serão bloqueadas, o dinheiro confiscado e o time de poker sofrerá perdas com isso.

Bancos de dados e data mining (mineração): Um bom time de poker precisa de todas as mãos do mundo para fazer um trabalho de qualidade, construir estratégias relevantes ou melhorá-las. Compra tudo o que está disponível no mercado e coleta tudo o que puder de seus jogadores. Esta acusação é certamente relevante – se assumirmos que o uso de históricos de mãos é proibido. Mas desta forma, qualquer trabalho de treinamento de alta qualidade também está sujeito à proibição – e discordamos de tal proibição.

Times de poker dão sua opinião

Entramos em contato com os sócios e representantes de vários times para comentar as medidas e fizemos quatro perguntas:

  • Quão justificadas são as reivindicações do PokerOK contra os times em relação a ghosting, jogo em equipe e uso de mineração de dados?
  • Você acha que os times e fundos representam uma ameaça ao ecossistema do poker?
  • Você combate possíveis fraudes entre seus jogadores?
  • Você teve jogadores com contas bloqueadas recentemente no PokerOK?

Fiat , FiatLab:

Sobre reclamações contra times de poker: Ao longo dos 2 anos de existência do FiatLab, tivemos exatamente 0 jogador bloqueado por violar as regras da sala – e não apenas do PokerOK, mas de qualquer outra sala. A participação num time não incentiva a violação das regras. Você não precisa estar em um time para ser desonesto. Times significam treinamento e profissionalismo de alta qualidade, e não atividade criminosa, como o PokerOK está tentando retratar.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: A questão está formulada de forma interessante. Você acha que ter regulares representa uma ameaça ao ambiente do poker? Aqueles que jogam bem representam uma ameaça ao ecossistema do poker?

Em outras palavras, a questão não é sobre software ou estruturas de torneios, mas sobre determinados jogadores. Os times são jogadores e treinadores que estudam juntos. Isso é ruim? É claro que o PokerOK está simplesmente combatendo jogadores regulares vencedores, escondendo-se atrás do disfarce de “times malvados". Hoje são jogadores de times, amanhã todos vencedores regulares e, no dia seguinte, amadores que vencem há dois meses seguidos. A ideia de que todo jogador vencedor é um vilão mina o conceito do poker como um jogo de habilidade.

Alexey "Fiat" Vandyshev com o diretor Roman Mikhailov no set do filme "Let's Go to Macau With You ", filmado com o apoio do FiatLab

Sobre o combate à fraude nos times: “Fraude” surge diretamente da retórica do PokerOK. Como se todo jogador de time fosse um fraudador em potencial. Isso me lembra o filme “Minority Report”, com Tom Cruise. Mas o PokerOK não tem médiuns que possam prever o futuro com precisão. Sugiro que não são os times que devem combater a fraude em potencial, mas sim o PokerOK que deve combater a fraude real.

Recentemente, foi descoberto pelo menos um superusuário na Network, que explorava uma vulnerabilidade do software e via a equidade dos jogadores na mão. Devido à inação da equipe de segurança, ele tirou dinheiro de todos em seu caminho (tanto em cash games quanto em MTTs).

Usuário conseguia saber o resultado das mãos, segundo comunicado do GGPoker e denúncia em fórum.

Leia

Outra investigação no início deste ano, mas que já vem desde 2022, revelou que todo um grupo de bots estava operando na rede WPN, literalmente em centenas de contas.

Um usuário do 2+2 detalhou como desmascarou uma rede de bots na Winning Poker Network , mas o resultado foi que ele próprio teve a conta banida

Leia

Nos MTTs, segundo as estimativas mais conservadoras, os bots ganharam desonestamente mais de 10 milhões de dólares. O dano é real e tangível.

A equipe de segurança inicialmente negou totalmente a existência desse problema. Eventualmente, a maioria dos bots foi banida – principalmente devido a evidências irrefutáveis ​​apresentadas por analistas de, adivinhe só, times de poker. O rosto dessa história foi TylerRM, que já havia obtido sucesso na identificação de bots em outros sites. Portanto, se operarmos com fatos e não com especulações, podemos dizer que os times na verdade têm um desempenho contrário às declarações do PokerOK. Eles funcionam como um controle externo sobre a justiça do jogo e no controle de qualidade do trabalho das equipes de segurança.

Contas bloqueadas recentemente: Cerca de 3-4 jogadores foram bloqueados e ainda não está claro o porquê. Aparentemente, é porque eles são “de um time”. Mas ouvi dizer que outros times têm mais jogadores bloqueados. E haverá ainda mais em breve. Gostaria de ver algumas evidências de fraude por parte do PokerOK. Na realidade, os jogadores tiveram os seus saques restringidos (ou congelados) por tentarem ganhar dinheiro com o poker. Existem atualmente milhares de jogadores em times.

Se esta arbitrariedade continuar, onde está a garantia de que os jogadores fora dos times não serão alvo de ataques? Ou mesmo amadores que jogam bem e runnam bem? Como você, leitor, provará que não pertence a um time? Se o PokerOK estiver saindo dos trilhos agora, então coisas malucas que nem podem ser imaginadas no momento irão acontecer.

Vou sugerir que os profissionais recebam uma carta em vez de duas no Hold'em. Pelo bem do ecossistema.

Confira as melhores promoções agora
Bônus de 100% no primeiro depósito até $600 e tíquetes gratuitos de Spins e MTT
Sem prazo
Bônus de primeiro depósito de 100% até ₮1.100
Sem prazo
₮15.000 mensais em rankings de torneios
Sem prazo

Pokanuktus, RSB

Sobre reclamações contra times de poker: Ghosting, jogo em equipe e mineração de dados são problemas que existem independentemente dos times.

No nosso time, tudo o que pode ser classificado como fraude é condenado, são publicadas isenções de responsabilidade regularmente e, ao aderir, cada jogador recebe informações sobre o que é ou não permitido no âmbito do fair play.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: Dizer que os times e fundos representam uma ameaça ao ecossistema é o mesmo que dizer que qualquer jogador vencedor representa uma ameaça ao ecossistema. Os times treinam pessoas, o que significa que acumularão jogadores vencedores. Portanto, se o PokerOK não admitir seu erro agora e não atender às necessidades da comunidade de poker, então, no futuro, os mesmos congelamentos ilegais acontecerão com qualquer jogador vencedor no site.

Sobre o combate à fraude nos times: Esta questão foi parcialmente respondida no primeiro parágrafo. Podem haver casos isolados dentro de um time e escapam à atenção da administração. Mas, no geral, os locais de formação rentabilizam a transferência de conhecimento. Eles não estão interessados ​​em que os jogadores quebrem as regras da sala, pois isso compromete sua reputação e receita. Na comunidade do poker, literalmente tudo depende da reputação.

Mas são as “bot farms” que monetizam a exploração das regras das salas. E no que diz respeito ao combate aos bots, a comunidade como um todo, incluindo os times, mostra maior eficácia do que o PokerOK e as salas da GG no geral. Aparentemente, o PokerOK está atualmente tentando misturar esses conceitos, mas, é claro, não permitiremos que isso aconteça.

Contas bloqueadas recentemente: Já temos cerca de 50 jogadores que foram submetidos a congelamentos de contas. A maioria deles, após o desbloqueio, só consegue sacar entre $250 e $1000 por dia (e na verdade, leva três dias, dada a velocidade de saque).

VeA , SV poker

Sobre reclamações contra times de poker: Nada justificado. Grupos separados de canalhas trapaceiam. Os times monitoram a ética. O jogo sujo é vergonhoso para nós.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: O desenvolvimento do treinamento profissional de poker seguiu o caminho da formação de times, que são essencialmente escolas de poker. Então a verdadeira questão é: "Ensinar poker é uma ameaça ao ecossistema do mesmo?" Do ponto de vista das salas, o ideal é zerar os depósitos dos jogadores com suas ferramentas. Por exemplo, rake + jogadores da casa (bots) = lucro. Neste esquema, os jogadores profissionais não são necessários. Esta é uma abordagem do poker como cassino e das pessoas como recursos. Acreditamos que o poker, e os MTTs em particular, são antes de tudo um jogo/esporte intelectual. Dizer que estamos prejudicando o poker é o mesmo que dizer “O futebol profissional está prejudicando o futebol em geral”.

Sobre o combate à fraude nos times: Lutamos pelo exemplo, antes de mais nada. Os times também neutralizam ativamente os bots. O PokerOK está consistentemente destruindo tais mecanismos.

Contas bloqueadas recentemente: Existem jogadores do time com contas bloqueadas no PokerOK, mas não tenho certeza se estão relacionados.

Artem Vezhenkov fez outro comentário no tópico oficial do PokerOK no fórum russo. Aqui está um fragmento deste texto:

Vou expor a minha visão pessoal da situação:
1. PokerOK é contra a existência de jogadores regulares de poker como classe.
2. PokerOK é contra ensinar poker para que jogadores se tornem profissionais.
3. Você não pode restaurar o que foi incinerado. A decisão do PokerOK foi tomada e, dado o momento atual, é irreversível.

strawnij, KOT-MTT

Vamos começar entendendo que toda sala de poker é, antes de tudo, uma empresa que busca proteger seus interesses. Às vezes, esses interesses coincidem com os interesses dos jogadores, mas na maioria das vezes, divergem. No entanto, estou convencido de que muitas questões podem ser resolvidas através do diálogo e não através de ações unilaterais.

Mas é desconcertante a retórica usada para descrever os times de poker, declarando-os “absolutamente maus”. Isto ignora o desenvolvimento deste ecossistema ao longo dos últimos 5 a 10 anos, que ajudou a popularizar o poker. Graças ao treinamento nas escolas de poker e times de poker, muitos amadores ficam mais fortes e alguns até começam a ganhar.

Sobre reclamações contra times de poker: Tyler já tem uma posição sobre esta questão, com a qual concordamos. É crucial sublinhar que todos times se opõem firmemente a qualquer forma de jogo sujo, introduzindo regras rigorosas e até formando listas negras. Ajudar jogadores que violam estas regras é inaceitável para nós.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: Nos últimos 10-15 anos, fundos e times poker tornaram-se parte integrante do ecossistema do poker. Não diferem de nenhuma plataforma educacional, exceto pelo modelo de acordos mútuos e riscos para a equipe. Estamos trabalhando ativamente no desenvolvimento da indústria, criando conteúdo no YouTube, em canais no Telegram e fazendo streams, sempre atraindo novos jogadores, o que beneficia todos os participantes do mercado, inclusive as salas.

Sobre o combate à fraude nos times: Verificamos cuidadosamente os nossos jogadores e não aceitamos aqueles que têm uma reputação duvidosa.

Contas bloqueadas recentemente: Atualmente, apenas uma conta do nosso time está bloqueada: a conta de Sasha, “AlexZA3”. Os acontecimentos recentes levantam questões sobre as políticas de bloqueio. Gostaríamos de ter critérios claros e regras transparentes para todos os participantes.

Classificação dos jogadores
4.2
Jogadores online
1,000
Bônus de depósito
100% até $2,000
Cliente Mobile
Softwares auxiliares
Outros
Jogadores amadores dos EUA
Rake races regulares
Bônus do GipsyTeam
Ajuda com saques e depósitos
Bônus para jogadores ativos
Classificação dos jogadores
4.5
Jogadores online
1,000
Bônus de depósito
100% até $2,000
Cliente Mobile
Softwares auxiliares
Outros
Jogadores amadores dos EUA
Rake races regulares
Bônus do GipsyTeam
Ajuda com saques e depósitos
Bônus para jogadores ativos
Código promocional GT
Cadastro
Classificação dos jogadores
4.9
Jogadores online
3,500
Bônus de depósito
100% até $600
Cliente Mobile
Softwares auxiliares
Outros
Rakeback alto
Rankings diários
Satélites para séries de torneios em todo o mundo
Bônus do GipsyTeam
Acesso a promoções exclusivas
Pagamentos adicionais para jogadores ativos

BeHeartless, DreamTeam

Sobre reclamações contra times de poker: Qualquer violação das regras da sala é uma violação direta do contrato com nossa equipe. O principal objetivo do nosso projeto é proporcionar aos jogadores um treinamento de alta qualidade. Tudo aqui é como nos grandes esportes: para chegar a qualquer competição séria e vencer, você contrata um treinador e trabalha no seu jogo. Apenas alguns podem trilhar esse caminho por conta própria.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: Falando sobre o ecossistema do poker, não posso ignorar o problema atual dos bots e superusuários. Acho que todo mundo já ouviu falar do jogador Moneytaker69 no GG e do escândalo na rede WPN. Quando a própria sala não consegue coibir bots e superusuários, os times de poker vêm em socorro.

Graças aos fundos e times, centenas de contas de bots foram bloqueadas, na verdade, o times costumam fazer o trabalho de segurança dos sites de poker.

Agora voltemos à questão do ecossistema e da luta contra jogadores lucrativos. Tal luta é contrária às regras do poker, onde há um vencedor e um perdedor no showdown. Ir contra os vencedores é formalmente ir contra as regras do jogo. O poker não é mais um jogo de habilidade? Não é permitido vencer?

Imagine que você decidiu participar de uma maratona, se preparou e treinou por muito tempo, mas antes da largada os organizadores “fizeram uma grande pesquisa”, descobriram que você estava correndo mais rápido que os demais, e decidiram não permitir a sua participação. Em outras palavras, o próprio conceito de concorrência foi abolido.

Sobre o combate à fraude nos times: A indústria baseia-se na reputação dos jogadores. Uma das formas eficazes de combater jogadores desonestos é a base de dados compartilhada. Existe um servidor no Discord e um site onde está localizada a chamada “lista cinza”. Qualquer jogador que for pego em ghosting, multi-account ou jogo em equipe acaba imediatamente nesta lista, e nenhum projeto o contratará.

Contas bloqueadas recentemente: Vários jogadores e parceiros foram bloqueados sem motivo. Todos eles (coincidentemente?) são streamers e transmitem principalmente jogando no PokerOK. Aqueles que tiveram as contas liberadas, ficaram com restrições no caixa.

No início, os saques só estavam disponíveis em cartão. Alguns dias depois, os saques e por criptomoedas foram normalizados, mas as transferências ainda não estão disponíveis.

A sala, é claro, não forneceu nenhuma evidência e limitou-se a um cancelamento padrão. Eu gostaria de ver uma explicação detalhada do que exatamente nossos rapazes violaram.

PokerMove

Sobre reclamações contra times de poker: Um fundo é sempre um projeto para o futuro, para o qual é importante trabalhar com honestidade e por muito tempo. As violações das regras das salas causam grandes danos às relações, tanto com as próprias salas como com os jogadores. Portanto, os fundos estão interessados ​​no fair play e garantem que seus jogadores cumpram todas as regras. E quem não cumpre é expulso.

Trapacear em algum torneio para que seus jogadores salte algumsa posições no ITM é estúpido e não lucrativo. Ganhar dez a vinte buy-ins é um risco sem sentido que trará perdas colossais a longo prazo. A fraude no fundo é quase impossível de esconder e, assim que algo assim for revelado, provavelmente irá simplesmente matar o projeto em alguns dias.

Adotamos uma abordagem responsável no cumprimento das regras e estamos confiantes de que a maioria dos nossos concorrentes faz o mesmo. Se alguém fizesse ghosting ou jogasse em equipe, todos saberiam rapidamente disso. Os jogadores se comunicam quando saem de um time para o outro. Essas informações não podem ser ocultadas dos fundos, times ou dos jogadores.

O fundo não funciona para tirar dinheiro de alguém em massa. Cada participante joga contra todos, inclusive aqueles com quem discutiu estratégia ontem. Esta é uma abordagem justa, que apoiamos e promovemos.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: Não acreditamos que os times e os fundos tenham um impacto significativo no ambiente do poker. A comunidade profissional já existia muito antes de tais projetos surgirem. As pessoas trocavam ativamente informações e ajudavam-se a dominar as estratégias e dividiam riscos através de compra ou troca de ações.

Isso faz parte de qualquer jogo, não apenas do poker. Sempre há pessoas que estão dispostas a gastar tempo e esforço para se tornarem melhores que as outras. E há quem passe o tempo de forma agradável e sem estresse. Ambas são partes honestas e legítimas no processo.

Em teoria, você pode se livrar dos “times” como projetos, mas não se livrará deles como comunidades de pessoas com ideias semelhantes. As pessoas ainda terão desejo de progresso. Os jogadores também treinarão uns aos outros, farão consultas e procurarão corrigir erros. Sim, de uma forma menos centralizada e organizada, mas tudo isto permanecerá. E não importa se isso continua acontecendo na sua plataforma ou em outra.

E se alguém quer proibir as pessoas de lutar pela vitória, em nossa opinião, ele está fadado ao fracasso. Porque o desejo de vencer alguém e melhorar não é apenas a natureza do poker, mas também o motor do progresso em geral. Um regular independente, um jogador de time, um amador, até mesmo uma pessoa que ainda não ouviu falar de poker, deseja o sucesso.

Um jogo de poker não é um cassino. Os jogadores, a priori, não podem ser iguais num jogo que por si só interessa justamente pela competição. Isto não é roleta, nem slots. O poker é antes de tudo um esporte e uma competição. Já conhecemos uma sala que lutou pelo “ecossistema do poker”, e vimos aonde esta luta levou.

Sobre o combate à fraude nos times: Sim, cuidamos dos jogadores e fornecemos instruções dentro do fundo. Monitoramos o cumprimento das regras das salas onde jogam os nossos membros.

Contas bloqueadas recentemente: Não, até agora, felizmente, não houve tais casos.

Maxim, New Age

Sobre reclamações contra times de poker: Em nossa equipe, ghosting e teamplay são estritamente proibidos, com expulsão imediata. E sempre foi assim, desde o momento em que a equipe foi criada, sempre defendemos o jogo limpo.

Sobre os times ameaçarem o ecossistema do poker: Não acreditamos que os fundos sejam prejudiciais. Nem todos podem aprender e nem todos querem aprender. Mas todos deveriam ter direito ao desenvolvimento profissional em qualquer área. Nem todos conseguem ultrapassar sequer os limites micro ou médio, apesar dos nossos esforços de formação.

Sobre o combate à fraude nos times: É claro que nunca apoiamos qualquer tipo de fraude, tanto na esfera pública como a nível pessoal, “nos bastidores” da equipe. Expulsamos jogadores por qualquer tipo de atividade fraudulenta.

Contas bloqueadas recentemente: Tivemos duas contas até o momento, mas não houve proibição de jogar, eles simplesmente baixaram os limites das transferências para $1 e os forçaram a jogar para sacar saldos, mas sem explicar os motivos.

Concluindo, apresentamos um fragmento traduzido do texto de Fedor 'Lorem' Truntsev, que não se limitou a nossas perguntas:

O meu principal problema com a narrativa “as escolas de poker são más” é que é apenas a verdade virada do avesso. As escolas de poker deram a milhares de pessoas a oportunidade de ganhar dinheiro com a sua inteligência e trabalho árduo, sem pais e mães. Basta jogar poker, estudar e viver a vida que um trabalhador comum só poderia sonhar.

Claro, você pode jogar menos e ganhar dinheiro apenas graças a um contrato com a sala, mas será esse o sonho do poker? Naturalmente, pode-se imaginar um mundo em que ninguém estuda o jogo, ninguém seja treinado ou “cavalado” e todos joguem com menos rake. Mas de quem é realmente esse sonho? Jogadores? Ou salas que apenas querem banir os vencedores regulares?

Os jogadores profissionais sempre se esforçarão para jogar melhor e ganhar mais. E a única maneira de lidar com isso é banir os jogadores vencedores. Nenhuma “declaração de guerra” às escolas de poker irá ajudar nisso.

Se as escolas forem proibidas, só haverá mais ghosting, porque não haverá mais nada a perder. Consequentemente, a posição atual da administração do PokerOK, por melhores que sejam suas intenções, é simplesmente míope.

Da mesma forma é a proibição dos trackers. Acredito que a prudência pode prevalecer. As queixas pessoais e disputas entre a administração do PokerOK e os representantes do RSB não devem determinar como coexistiremos no futuro. Pessoalmente, sou a favor da luta contra os trapaceiros, da proibição de RTA e só. Moneytaker, por exemplo, foi descoberto primeiro por Tyler, como muitos bots. Portanto, admitamos o óbvio: estamos aqui no mesmo barco, e não em lados opostos das trincheiras.

Não adianta começar uma guerra entre salas e times, ninguém vai se beneficiar com isso. As escolas não desaparecerão. Na minha opinião, o PokerOK ainda tem a oportunidade de mudar seu posicionamento. Focar não nas escolas, que ajudam os jogadores a vencer no poker, mas nos trapaceiros, a quem nós mesmos ficaremos felizes em ajudá-lo a pegar quantos quiserem.

No momento, foi principalmente o RSB que foi atacado. Na minha opinião, isto reflete a verdadeira essência do que está acontecendo: o conflito entre Pokanuktus e a gestão do PokerOK. Sim, a briga foi com o Pokanuktus, mas os jogadores do RSB não têm culpa de nada, na verdade, eles simplesmente pagaram o pato por um acerto de contas pessoal.

Não façam isso!